Table Partners

Consultoria de estratégia e liderança

Liderando pela educação e pelo exemplo

Os primeiros conselheiros — e ainda hoje em maior número — são profissionais ou empresários de renome e capacidade conhecida, convidados por empreendedores ou famílias-empresárias para apoiá-los na governança de seus negócios.

Alguns dos desafios que comumente se apresentam ao conselheiro incluem:

  • Limitada capacidade de influência sobre as decisões e a performance do negócio. O conselheiro normalmente é um entre várias vozes no Conselho, que não costuma ter um compromisso de decisão colegiada — as decisões finais, em geral, ficam a cargo do empresário-CEO.
  • Influência limitada sobre a performance e agregação de valor do próprio Conselho. Três fatores — i) o caráter semi-formal e igualitário das relações entre os conselheiros, ii) a deferência com que o CEO-empresário costuma conduzir a dinâmica do Conselho e iii) o acordo tácito de pouca dedicação de tempo dos conselheiros, entre as reuniões — costumam resultar em um sub-aproveitamento da experiência e conhecimento dos conselheiros. Conselhos de baixa agregação de valor ao negócio ainda são a norma no Brasil e no mundo.
  • A qualificação dos gestores e da família-empresária limita a contribuição dos conselheiros externos para o negócio. No Brasil ainda é comum que conselheiros membros da família-empresária desconheçam os rudimentos de finanças e da gestão através dos números.
  • Inexperiência do acionista, na condução da dinâmica de gestão, limita severamente a performance do Conselho. Desconhecendo a disciplina de conflitos produtivos de idéias, membros da família envolvem-se em debates improdutivos e inconclusivos, dentro e fora do Conselho. As discussões do Conselho, por sua vez, são frequentemente contaminadas por conflitos do sistema familiar.

Para vencer esses desafios, os conselheiros mais bem sucedidos costumam investir a maior parte de sua energia na educação dos acionistas, em práticas, conceitos e disciplinas básicas, mas de grande poder de alavancagem da performance do Conselho e até mesmo do negócio.

Como a TABLE PARTNERS pode ajudar

A TABLE PARTNERS participa do esforço do CONSELHEIRO, de promover e desenvolver acionistas nas disciplinas essenciais de gestão de negócios e Conselhos:

  • Desenvolvendo e implementando um plano de educação básica de negócios, para os membros da família-empresária
  • Capacitando os gestores do negócio — em especial a área financeira — a gerarem as informações necessárias, com a qualidade e o prazo adequados à discussão e tomada de decisão pelo acionista e Conselho
  • Preparando/educando o acionista para o papel de governança do negócio
  • Implantando práticas e promovendo comportamentos que reduzem a formalidade e aumentam a qualidade das reuniões e a geração de valor pelo Conselho
  • Desenvolvendo as Políticas de Longo Prazo da família-empresária: regras de governança, de sucessão no comando do negócio, etc.
  • Capacitando os membros da família para conflitos produtivos e comunicação eficaz, em discussões de negócios
  • Implantando o Conselho Familiar e promovendo reuniões de qualidade, gerando subsídios relevantes para o Conselho de Administração e a administração do negócio
  • Avaliando a qualidade, atualidade e segurança/sustentabilidade da estratégia do negócio e os riscos aos quais o acionista está exposto

A TABLE PARTNERS ajuda CONSELHOS a funcionarem como motores do sucesso de suas organizações.