Table Partners

Consultoria de estratégia e liderança

Mais da metade das crianças leem E-books nos EUA

O mercado de livros digitais (E-books) no Brasil ainda é incipiente, mas promete forte crescimento com a entrada de novos produtos e empresas do setor no ano de 2013. Nos Estados Unidos, este mesmo mercado já está desenvolvido e continua crescendo. Os dados da Digital Book World (DBW) de Agosto de 2012 mostram que lá os E-books já representam 21% da receita do mercado editorial para o público adulto e 13% para o público infantil.

O mais novo estudo da DBW e da PlayScience – empresa de pesquisas sobre o mercado digital infantil – aponta que mais da metade das crianças (54%) entre 2 e 13 anos leem E-books nos Estados Unidos. Um dado impressionante levantado pela pesquisa é de que 85% destas crianças leem um E-book por semana e mais de 33% praticam a atividade de leitura digital pelo menos uma vez ao dia.

O mercado de E-books infantis vem crescendo a números de três dígitos anualmente – em 2012 foram 196% até Agosto, em comparação com o mesmo período do ano anterior. O estudo aponta que “se as crianças são o futuro, então E-books são o futuro da indústria editorial.”

Segundo o mesmo estudo, os dispositivos mais utilizados pelas crianças para realizar a atividade de leitura digital são os tablets. Os E-readers, aparelhos especialmente desenvolvidos para a leitura digital, ficam em 2º lugar, uma vez que as crianças têm menos acesso a este tipo de hardware, já que os tablets acabaram se tornando extremamente populares nos EUA.

Fonte: DBW

Vote neste artigoVote neste artigoVote neste artigoVote neste artigoVote neste artigo
Loading...