Table Partners

Consultoria de estratégia e liderança

O Diretor de RH pode ser o coach do CEO e da Diretoria?

Um grande número de CEOs e Diretores chegou às suas posições atuais sendo competitivos, inteligentes e líderes comprometidos com suas equipes.

Agora, tendo chegado a posições no topo da organização eles precisam desenvolver novas habilidades, quase opostas às que os trouxeram até aqui: confiança mútua, compromisso com o time de liderança antes do time de subordinados, inteligência emocional… Enfim, precisam dominar a disciplina de trabalhar em um time eficaz.

É uma mudança difícil – velhos hábitos não se mudam facilmente, principalmente se foram os responsáveis por uma carreira de sucesso.

Quem está melhor posicionado e, teoricamente, capacitado a ajudar esses Diretores e esse CEO, no difiícil aprendizado da disciplina de times eficazes?

Em tese, o Diretor de RH.

Afinal sua carreira, ao contrário dos demais diretores, envolveu o trato com líderes e equipes, com a dinâmica de pessoas, com a inteligência emocional como fator de sucesso profissional, e com o desenvolvimento e treinamento de gestores.

A última bandeira

Apoiar a liderança de nossas organizações, na sua transformação em um time eficaz é, hoje, a missão mais importante do líder de RH. Outras missões, no passado foram, infelizmente, deslocadas da função RH – estratégia, qualidade, change management, entre outras bandeira que poderiam ter pertencido ao RH, mas acabaram lideradas por outras áreas. Uma parte significativa do mundo corporativo, hoje, descrê da capacidade das áreas de RH liderarem qualquer iniciativa relevante, nas organizações. Estarão certos? Ou a atual geração de líderes de RH será capaz de reverter a história e entregar uma mudança vital para nossas empresas e nossa sociedade?

Me parece que isso vai depender do profissional que ocupa a liderança do RH. Essa posição hoje, no Brasil, parece ocupada por profissionais com uma diversidade muito grande de senioridade e competências. Parte dessa diversidade pode ser explicada pela grande diferença de importância e complexidade, da função RH, nos diversos estágios de vida das organizações. Entretanto, como sabemos, muitas organizações maduras, complexas e com forte dependência do fator humano e da qualidade da liderança têm suas lideranças de RH ocupadas por profissionais pouco preparados para a missão que deveriam desempenhar.

Eis a minha aposta de quais traços irão distinguir o líder de RH que fará a diferença, no time de liderança a que pertence, e o que dará continuidade ao status desfavorável que a função de RH sofre na maioria das organizações:

Lideres de RH que funcionamCreative Commons License

Que outras características, na sua experiência, separam o líder de RH que faz a diferença, daquele que não faz?

Faça seu comentário, abaixo!

Vote neste artigoVote neste artigoVote neste artigoVote neste artigoVote neste artigo
Loading...