Table Partners

Consultoria de estratégia e liderança

A sociedade em que nossos filhos viverão 3

A comunidade do software de código aberto aponta o caminho para novos conceitos de propriedade, pois ocupa o cruzamento das duas correntes de mudança.

Em primeiro lugar, está mobilizando capital humano de forma nova ao utilizar profissionais autônomos (free agents) auto-organizados, como sua força de trabalho. Em segundo lugar, o software aberto baseia-se no baixo custo de reutilização e distribuição de programas, para sua viabilização econômica, mobilizando o capital intelectual.penguin-on-throne

Nos detalhes da história e das práticas do software de código aberto encontram-se pistas para as transformações institucionais da economia da informação. Nas cláusulas das licenças desses softwares está nascendo a jurisprudência que definirá o conceito de propriedade na era da informação.

Uma mudança em curso

É a carne e o sangue que serão afetados por essas transformações.

A vida na economia do conhecimento é regida por um conjunto de leis, valores e normas diferente do mundo de “soma-zero” da economia industrial. Ao final, essas novas regras formarão a poderosa plataforma do próximo ciclo de desenvolvimento econômico e pode até mesmo acelerar a distribuição da renda, em todo o mundo.

Um exemplo recente: o governo chinês exigiu que a Intel e outras empresas aderissem a um padrão tecnológico, cujas patentes pertenciam a empresas chinesas, para poderem vender chips WiFi na China. A Intel respondeu que o valor de um único padrão WiFi, em todo o mundo, era grande e inegável, e que preferiam, portanto, abrir mão do mercado chinês, a ceder à exigência. A China recuou.

A importância deste exemplo não é apenas que a Intel estava defendendo o modelo de negócio do padrão aberto, contra o desejo de lucros com propriedade intelectual, mas sim que a China, que durante décadas ignorou a importância dos direitos de propriedade intelectual, incorporou a defesa desses direitos, em sua agenda de negociação com os demais países desenvolvidos.

As regras de propriedade não são imutáveis – na economia agrícola, a terra gerou um conjunto de regras para seu compartilhamento. Estamos vivendo outra reinvenção da propriedade e as primeiras pistas sobre sua natureza podem ser encontradas no mundo do software de código aberto.

Christopher Meyer

Vote neste artigoVote neste artigoVote neste artigoVote neste artigoVote neste artigo
Loading...